Acessibilidade


O direito à acessibilidade para as pessoas com deficiência é fundamental para os direitos humanos, e para o exercício da cidadania, garantindo assim o direito constitucional de igualdade de oportunidades de acesso às informações para todos. Portanto, o Comitê Brasileiro de Clubes segue as recomendações de acessibilidade indicadas para a web.
Por favor, ajuste suas preferências
Verifique se as suas preferências estão ajustadas.
Cores Originais
Alto Contraste
Recursos da Acessibilidade
O Rybená – tradutor de Libras e Voz é uma solução de acessibilidade que usa uma tecnologia de ponta e totalmente nacional. O software possibilita a tradução de textos em português para a Língua de Sinais Brasileira (Libras), além de converter a escrita em português para o idioma falado. Essa ferramenta permite a acessibilidade assistida que facilitará o acesso às informações.

COMO FUNCIONA
  1. Clique nas mãos e/ou rosto (lado esquerdo da página).
  2. Selecione o texto que deseja traduzir.
  3. Aguarde e veja a tradução.
Modais (imagens ou textos que aparecem sobrepostos ao conteúdo do site) e Flash não são utilizados, pois suas características impossibilitam o acesso dessa parte do conteúdo a deficientes visuais. Navegação via teclado, através de teclas de atalho, para que o usuário não precise buscar pelos botões de navegação na tela, podendo concentrar-se apenas na informação.

O menu invisível é o primeiro item de navegação da pessoa com deficiência, possibilitando a esta percorrer as páginas de forma mais objetiva, direcionando-a às áreas de topo, menu e rodapé. Todas as imagens são acompanhadas por uma descrição, garantindo a compreensão do que está sendo retratado.
Aumente ou diminua a fonte
-
+
O usuário também pode utilizar a ferramenta de aumento e diminuição de fonte do próprio browser:

Pressione Ctrl + para aumentar o tamanho da fonte;
Pressione Ctrl - para diminuir o tamanho da fonte;
Pressione Ctrl 0 para que a fonte retorne ao tamanho original.
Cancelar
OK
ou
CBC

Notícias

Página Inicial - Comunicação - Informações - Notícias

Voltar

02/08/2019Plano de Segurança e Cultura Digital

29/04/2020 - DATA DE EMISSÃO DESTE COMUNICADO

Gerência de Tecnologia da Informação

Plano de Segurança e Cultura Digital

As medidas e orientações deste documento deverão ser empregadas durante os trabalhos home office em virtude da quarentena ocasionada pela Pandemia da COVID-19, e também em dias de trabalho normal nas sedes do CBC

1. A primeira orientação fundamental, é a de seguir a política e práticas de segurança da informação do CBC, Anexo I do Regulamento Interno de Trabalho publicado em nosso site;

2. Evitar a todo custo o transporte de arquivos e uso de pen-drives. Todos os colaboradores do CBC têm conta na nuvem da Microsoft, bem como no Outlook, isso confere a cada um uma conta também no OneDrive, que o drive virtual da Microsoft (similar ao GDrive). O espaço disponível a cada um é de 01 (um) Terabyte, sem compartilhamento, de uso exclusivo individual e para os trabalhos no CBC.

O acesso deve ser feito utilizando o e-mail do CBC e a senha de acesso de rotina. Havendo dúvidas consulte nosso suporte via HelpDesk, ou conforme o item 7.

3. Caso seja necessário o uso de pen-drives procure a Área de TI para que o dispositivo seja verificado anterior e posteriormente ao uso. Principalmente quando houver o retorno com arquivos que serão copiados para as redes e servidores do CBC;

4. Sempre que houver retorno de arquivos a serem salvos na rede e servidores do CBC, mesmo que por meio de máquinas de fotografia ou celulares, neste caso com uso de cartões de memória, deve-se procurar a Área de TI para que seja feita a análise do conteúdo e constatação da ausência de vírus ou malwares;

5. Bloquear o computador ao se ausentar, mesmo que por alguns instantes a fim de que ninguém tenha acesso aos seus dados, senhas ou arquivos.

6. Desligar sempre o equipamento ao deixar as dependências do CBC, mesmo que temporariamente, exceto em horário de almoço.

7. Nunca disponibilizar logins e senhas para colegas de trabalho, em nenhuma situação;

8. Nunca gravar suas senhas para uso de sites de comércio eletrônico, bancos ou outros sites nos quais dados pessoais, financeiros sejam usados.

9. Consultar as matérias do CBC publicadas em redes sociais com segurança, não disponibilizando informações sigilosas ou fazendo contato com desconhecidos;

10. Verificar atentamente os e-mails recebidos.

Se o e-mail for de remetente desconhecido ou duvidoso nunca abrir ou acessar qualquer link contido na mensagem.

Caso o e-mail seja de remetente conhecido, mas o conteúdo duvidoso, antes de acessar links ou arquivos enviados procure confirmar com o remetente. Muitos casos de roubo de dados, e de invasões, utilizam engenharia social para conseguir seus objetivos. Esta verificação pode evitar problemas deste tipo. Segue relacionadas algumas possibilidades de uso de engenharia social para obtenção de acesso às redes privadas de empresas, roubo de dados e de senhas:

a) Phishing - Termo que designa as tentativas de obtenção de informação pessoalmente identificável através de uma suplantação de identidade por parte de criminosos em contextos informáticos. Wikipédia

Exemplo em tempos de COVID-19: Envio de mail por falso remetente, com indução Falso convite para exame laboratorial. Esta fraude se inicia com o recebimento de um email personificando uma instituição hospitalar de referência nas proximidades geográficas da vítima. A mensagem, em tom de comunicado oficial, afirma que o destinatário teve contato com indivíduos que testaram positivo para a COVID-19, e o orienta a preencher um formulário anexado ao mail para realizar um exame de detecção do novo Corona vírus.

Um arquivo anexado é, na maioria dos casos, uma planilha do Microsoft Office Excel (extensão XLS) contendo macros maliciosos que, caso executados, realizarão o download de um malware executável. Tal malware é capaz de injetar inúmeros processos dentro de um arquivo msiexec.exe legítimo, como forma de esconder sua presença de softwares de segurança de endpoint.Dentre as capacidades do script malicioso, destacam-se o roubo de web cookies dos navegadores instalados na máquina; roubo de fundos em carteiras de criptomoedas e roubo de informações a respeito do computador infectado, para posterior transmissão à uma central de comando dos infratores.

b) Smishing - Uma variante do Phishing - Utilizam a falsa gratuidade de plataformas de entretenimento, mais especificamente o Netflix. Normalmente o usuário recebe uma mensagem de SMS com link para acesso. Ao clicar no link dados de acesso ao celular ou dispositivo em uso são enviados ao fraudador.

c) Páginas falsas de venda de produtos - São páginas praticamente idênticas às páginas reais das respectivas lojas eletrônicas, mas que na verdade tem botões com mecanismos para roubo de informações.

Na maioria das vezes, o criminoso simula telas de comércios eletrônicos (e-commerces) famosos, no intuito de transmitir mais confiança. Os preços, obviamente, são atraentes e bem abaixo da média do mercado. Tais páginas são normalmente enviadas por mail ou links no WhatsApp.

A melhor prevenção neste caso é visitar a loja ou rede digitando em seu navegador o endereço virtual oficial, não o que for fornecido pelo e-mail. E estando na loja oficial, pesquisar se realmente a oferta é verdadeira.

d) Páginas falsas de Auxílio Emergencial ou de arrecadação de fundos para ajuda financeira - Exemplo real: Desde que foi sancionado, o Auxílio Emergencial (benefício criado pelo governo brasileiro e que concede R$ 600 ou R$ 1.200 para auxiliar nas finanças dos cidadãos) tem se tornando um mote constante para fraudes digitais. Ao longo das últimas semanas, foi possível identificar um grande número de domínios maliciosos hospedando sites que prometem auxiliar o civil no requerimento do benefício. No geral, páginas com cores e marcas que remetem à comunicação visual oficial do Governo Federal do Brasil e da Caixa Econômica Federal (CEF).

e) Boletos para pagamentos - Prática constantemente usada pelos infratores, tentando se passar por algum órgão arrecadador ou empresas de cobrança. É sempre importante, havendo dúvidas, que não se abra o boleto, não se efetue o pagamento, sem que seja feito contato com a empresa e checagem da sua existência e ou a veracidade do que está sendo cobrado no boleto.

f) Remente sendo o próprio e-mail - Nunca abrir mensagens onde o remetente seja o seu próprio e-mail. Normalmente as mensagens deste tipo contém arquivos que se alto executam na abertura do e-mail. Assim o melhor é não abrir a respectiva mensagem. Por óbvio, vc saberá sempre que mandar um mail pra si mesmo, o que normalmente é feito quando queremos testar a nossa conta e caixa de entrada.

11. Nunca fotografar (via celular) o seu equipamento de trabalho, principalmente telas dos computadores e documentos que estiverem ao redor;

12. Se houver necessidade de trabalho externo temporário, consultar a Área de TI para saber sobre a disponibilidade de equipamentos (notebooks) para esta finalidade. Estes equipamentos estão certificados e validados pela TI do CBC para ingresso e uso das redes e servidores do CBC;

13. Caso necessite utilizar equipamento particular (desktops, notebooks, tablets etc.), para desenvolver as atividades do CBC, siga se possível as instruções:

a) Dê preferência de uso ao webmail - uso do Microsoft Office e Outlook via web, as senhas são as mesmas usadas nos equipamentos do CBC;

b) Informe à Área de TI do CBC, é possível que seja necessária uma varredura no equipamento para evitar problemas de segurança digital;

c) Não use o equipamento caso faça uso dela para jogos/games via web (de qualquer tipo), baixa de arquivos musicais ou filmes, principalmente usando ferramentas do tipo torrente;

d) Imprescindível que o equipamento tenha sistema operacional atualizado, mesmo que de versão mais antiga, antivírus atualizado (mesmo que seja versão gratuita).

e) Normalmente será disponibilizada uma VPN (Virtual Private Network - Rede Privada Virtual), para uso durante os trabalhos temporários em equipamento próprio. Ressaltando que em internets WiFi domésticas, a velocidade e performance são relativamente baixas;

14) O suporte técnico de TI será mantido preferencialmente via Helpdesk, mas também por Skype, WhatsApp, E-mail ou contato nos ramais já divulgados da Área; particular;

15. Acesso à telefonia do CBC - É possível usar uma função chamada siga-me, de modo que as ligações enviadas/recebidas por determinado ramal, sejam atendidas externamente, em telefone fixo ou celular, durante ausência temporária, desde que seja autorizado pela Gerência Administrativa do CBC, e o ramal devidamente configurado para Área de TI. Esta função é válida somente para o recebimento de chamadas.

Comitê Brasileiro de Clubes

Área de Tecnologia da Informação



CBC
Campinas/SP: R. Açaí, 566 - Bairro das Palmeiras - CEP: 13092-587 - (19) 3794-3750
Brasília/DF: SBN Qd.02 Bloco F, Lt. 12, Sala 1503 - Ed. Via Capital - CEP: 70040-020 - (61) 2099-2600