Acessibilidade


O direito à acessibilidade para as pessoas com deficiência é fundamental para os direitos humanos, e para o exercício da cidadania, garantindo assim o direito constitucional de igualdade de oportunidades de acesso às informações para todos. Portanto, o Comitê Brasileiro de Clubes segue as recomendações de acessibilidade indicadas para a web.
Por favor, ajuste suas preferências
Verifique se as suas preferências estão ajustadas.
Cores Originais
Alto Contraste
Recursos da Acessibilidade
O Rybená – tradutor de Libras e Voz é uma solução de acessibilidade que usa uma tecnologia de ponta e totalmente nacional. O software possibilita a tradução de textos em português para a Língua de Sinais Brasileira (Libras), além de converter a escrita em português para o idioma falado. Essa ferramenta permite a acessibilidade assistida que facilitará o acesso às informações.

COMO FUNCIONA
  1. Clique nas mãos e/ou rosto (lado esquerdo da página).
  2. Selecione o texto que deseja traduzir.
  3. Aguarde e veja a tradução.
Modais (imagens ou textos que aparecem sobrepostos ao conteúdo do site) e Flash não são utilizados, pois suas características impossibilitam o acesso dessa parte do conteúdo a deficientes visuais. Navegação via teclado, através de teclas de atalho, para que o usuário não precise buscar pelos botões de navegação na tela, podendo concentrar-se apenas na informação.

O menu invisível é o primeiro item de navegação da pessoa com deficiência, possibilitando a esta percorrer as páginas de forma mais objetiva, direcionando-a às áreas de topo, menu e rodapé. Todas as imagens são acompanhadas por uma descrição, garantindo a compreensão do que está sendo retratado.
Aumente ou diminua a fonte
-
+
O usuário também pode utilizar a ferramenta de aumento e diminuição de fonte do próprio browser:

Pressione Ctrl + para aumentar o tamanho da fonte;
Pressione Ctrl - para diminuir o tamanho da fonte;
Pressione Ctrl 0 para que a fonte retorne ao tamanho original.
Cancelar
OK
ou
CBC

Notícias

Página Inicial - Comunicação - Informações - Notícias

Voltar

02/09/2019Estudo demonstra que 79% dos atletas medalhistas do Pan Lima 2019 são oriundos dos clubes formadores

Última edição dos Panamericanos no Peru destaca o papel dos clubes nacionais na formação para esportes olímpicos

Entre os 264 atletas brasileiros que subiram ao pódio ao longo dos Jogos Panamericanos de Lima, encerrados em julho deste ano, 77% tiveram sua passagem por algum clube brasileiro. Das 171 medalhas conquistadas - um recorde para a equipe brasileira, 79% se deve ao desenvolvimento de esportistas realizados por estas entidades. É o que informa o estudo levantado pelo Comitê Brasileiro de Clubes - CBC. "Os clubes sempre foram considerados as células principais do esporte brasileiros, porque promovem desde a iniciação ao esporte para crianças até o desenvolvimento de grandes nomes do alto rendimento", comentou o presidente do CBC, Jair Alfredo Pereira. "Além disso, são entidades seriamente comprometidas, pois a maioria dos grandes clubes contam com mais de cem anos de fundação", completou.

Na mais importante competição olímpica deste ano, nossos atletas conquistaram excelentes resultados: foi sua maior presença nos pódios (171 vezes); e recorde em medalhas de ouro (55 vezes); além de ficar apenas atrás dos Estados Unidos no quadro geral de medalhas. "Se considerarmos apenas os pódios com atletas ligados a clubes brasileiros, manteríamos nosso segundo lugar no quadro geral com um total de 137 medalhas", ressaltou.




CBC
Campinas/SP: R. Açaí, 566 - Bairro das Palmeiras - CEP: 13092-587 - (19) 3794-3750
Brasília/DF: SBN Qd.02 Bloco F, Lt. 12, Sala 1503 - Ed. Via Capital - CEP: 70040-020 - (61) 2099-2600